• Adhemar Altieri

Complementando a estratégia de comunicação: Quando um evento acerta no alvo...

ADHEMAR ALTIERI*

Publicado originalmente em 22/6/2018 no LinkedIn


O que fazer quando se investe anos no desenvolvimento do projeto ideal para um setor de atividade, mas o governo que acolheu e viabilizou essa idéia está prestes a ser substituido? Foi esse o dilema enfrentado pela UNICA, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar, com o UNICA Fórum 2018, evento realizado no dia 18 de junho no teatro principal do Centro de Eventos do WTC, o World Trade Center de São Paulo.



O projeto em questão, quase ideal, se chama RenovaBio, a nova Política Nacional de Biocombustíveis. Engloba um verdadeiro e antigo ‘wish list’ do segment de biocombustíveis do chamado setor sucroenergético, que reune produtores de açúcar, etanol e eletricidade de biomassa, ou bioeletricidade, limpa e renovável. Em um ano eleitoral de grande importância para o país, como chamar atenção para o RenovaBio e a importância de se levar adiante o que foi criado em rara parceria entre técnicos de governo e a iniciativa privada? Como evitar o esquecimento automático do que fez o governo anterior, tão típico das trocas de poder no Brasil? Como manter a agenda independente do governo vigente?

A solução estava no UNICA Fórum, evento que a MediaLink Comunicação Corporativa desenvolveu para a UNICA em 2017 e realizado a cada dois anos, intercalado com o já tradicional e estabelecido Ethanol Summit – o Fórum acontece nos anos pares e o Summit nos anos ímpares, sempre em junho. Estava claro que a grande pauta do Fórum 2018 teria que ser o RenovaBio, de tal forma que se conseguisse fixar esse conjunto de medidas para que não desapareça em algum buraco negro em 2019.


Onde fixar? Claro, na cabeça dos principais presidenciáveis, para que qualquer um deles que chegue ao Palácio do Planalto em 2019 entenda a necessidade de levar adiante esse conjunto de medidas tão fundamentais para um setor que ainda se recupera de anos de incompetência explícita impostos pelo governo de Dilma Rousseff. Impregnar, se possível, nas profundezas dos cérebros de cada pré-candidato a palavra RenovaBio tornou-se a pauta prioritária do UNICA Fórum 2018, e assim foi feito.

Repetindo a parceria que desde 2015 une na organização dos principais eventos da UNICA a MediaLink e a empresa líder mundial na produção de congressos e seminários, o MCI Group, o UNICA Fórum partiu para a difícil tarefa de atrair os principais pré-candidatos à presidência da república. O objetivo, traçado em outubro de 2017, era trazer os principais candidatos em igualdade de condições para dizer ao setor sucroenergético o que pretendem para o RenovaBio caso eleitos.


Para facilitar a tarefa dos pré-candidatos, a equipe técnica da UNICA preparou um documento detalhando, afinal, o que é e o que pretende o RenovaBio, completo com uma sequência de perguntas e respostas para que todos pudessem captar os objetivos do que foi desenvolvido. O documento foi enviado a todos os candidatos uma semana antes do UNICA Fórum 2018, para que todos tivessem tempo suficiente para digerir as informações.



A Presidente Executiva da UNICA, Elizabeth Farina

Em termos de conceito, nada de novo pois é assim que acontecem as campanhas eleitorais em diversos outros países. Mas em se tratando do Brasil, foi uma decisão diferenciada e um tanto ousada. Não faltaram os que opinaram que o evento, estruturado com essa expectativa, não chegaria a acontecer. Mas o que se viu no dia foi o cumprimento estrito de tudo o que foi combinado com as equipes de cada um dos sete candidatos e uma candidata.


Todos executaram à risca o que foi definido, sendo absolutamente pontuais tanto na chegada ao teatro do WTC quando em seus discursos de 15 minutos, sem necessidade de interrupções por tempo esgotado pelo sempre competente e incisivo William Waack, âncora de todos os grandes eventos realizados pela UNICA desde 2009. Aos poucos, o público percebeu que assistia a algo inédito, nunca realizado no Brasil desde a redemocratização na década de 80.


Casa cheia, mais de uma centena de jornalistas credenciados acompanhando cada detalhe do que diziam os oito presidenciáveis, que discursavam e respondiam perguntas com foco em um único e importante setor de atividade em um mesmo dia, garantiram o objetivo estratégico imaginado na concepção do UNICA Fórum 2018. Agora, todos os candidatos e suas equipes de campanha sabem muito bem o que um dos braços mais pujantes e essenciais do agronegócio brasileiro deseja dos próximos governantes.

O que apenas confirma que um bom evento deve visar sempre muito mais do que cumprir o básico e às vezes repetitivo. O bom resultado começa com uma pauta relevante, focada e com as pessoas certas no palco, sem receio de ousar para atingir objetivos que devem ir muito mais longe do que apenas lotar as poltronas. Na busca pelo ganho diferenciado e o valor agregado, a UNICA e os organizadores do Fórum – MediaLink e MCI Group, ampliaram os ganhos de cunho estratégico também para a cadeia produtiva em torno da indústria da cana-de-açúcar, toda ela igualmente impactada e naturalmente interessada nos ganhos em potencial e boas perspectivas que a realização fiel do que foi desenhado a muitas mãos no RenovaBio pode proporcionar a partir de 2019.


Não conhece o RenovaBio? Entenda a importância desse programa para o presente e o futuro das energias renováveis com Marcos Françóia, diretor executivo da MBF Agribusiness, neste artigo.


*ADHEMAR ALTIERI é jornalista com passagens pelo Grupo Estado (Rádio Eldorado), Redes Globo e SBT no Brasil, redes CTV e CBC no Canadá, CBS News dos Estados Unidos e BBC de Londres. Desde 2003 se dedica à comunicação corporativa, como diretor da UNICA, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar, do Instituto de Hospitalidade e da Amcham, a Câmara Americana de Comércio para o Brasil. É sócio e diretor executivo da MediaLink Comunicação Corporativa.

47 views

© 2018 MediaLink Corporate Communications